NOSSA MISSÃO: “Anunciar o Evangelho do Senhor Jesus à todos, transformando-os em soldados de Cristo, através de Sua Palavra.”

Versículo do Dia

Versículo do Dia Por Gospel+ - Biblia Online

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Pregação que Malafaia diz para não mexer com pastor ladrão cria polêmica

Pregação em que Silas Malafaia diz para não mexer com pastor ladrão cria polêmica
Mais uma vez a internet mostrou sua capacidade de gerar polêmicas através de postagens de vídeos de pregações de pastores.
Esta semana “ressurgiu” no YouTube o trecho de uma pregação do pastor Silas Malafaia, onde ele tentaria intimidar os evangélicos, dizendo que eles podem ser punidos por Deus se denunciarem pastores na internet.
Sem mencionar nomes, Malafaia diz no vídeo, que faz parte de um sermão de 2012: ”Fico vendo uns caras que nem tiraram a fralda, que chegaram agora ao Evangelho e ficam julgando pastores na internet… ilustríssimos desconhecidos recalcados, com dor de cotovelo do sucesso dos outros”.
O líder do ministério Vitória em Cristo acredita que “quem calunia pastores e fala da igreja não pode ser crente…. Fica longe disso… ungido do senhor é problema do Senhor… teu pastor é ladrão, é pilantra? Sai de lá então…  Meu irmão, isso é coisa muito séria, eu já vi gente morrer por causa disso. Não toma atitude contra pastor, não entra nessa furada”, conclui.
Com mais de 165 mil visualizações desde segunda-feira e com repercussão forte nas redes sociais, o trecho do vídeo traz ao final uma imagem que diz “Pequenas igrejas & Grande negócios”, uma clara provocação aos pastores.
O vídeo original, do congresso Labaredas de Fogo, foi transmitido em seu programa de TV, e faz parte da mensagem onde ele desafiaria seus críticos, que o acusam de pregar sobre prosperidade financeira. Em um artigo escrito por ele no site Verdade Gospel, afirma que ninguém conseguiu provar que ele está errado. Malafaia estava contrariado com blogueiros evangélicos que estariam fazendo uma campanha na internet para caluniar e difamar pastores, inclusive ele.
Curiosamente, o material reaparece mais de um ano depois e é publicado por sites de grande expressão como o Yahoo (onde teve 15 mil compartilhamentos) e reproduzido por vários sites voltados ao público cristão.  Alguns chegam a apresentar como novidade e “denúncia”, associando o nome de Malafaia ao termo “pastores ladrões”.
Embora seja cedo para afirmar que se trata de um “viral”, termo que designa o sucesso rápido de vídeos, está claro que pode ser mais um capítulo na série de vídeos que selecionam falas de pastores e causam uma má impressão dos evangélicos, como os que durante meses surgiram na internet ridicularizando o pastor e deputado Marco Feliciano.


Você pode assistir a pregação completa aqui.

Fonte: gospelprime

Ativistas gays protestam contra Feliciano durante evento evangélico e pastor manda prendê-los: “Respeitem essa igreja”

Ativistas gays protestam contra Feliciano durante evento evangélico e pastor manda prendê-los: “Respeitem essa igreja”; Assista
O pastor Marco Feliciano (PSC-SP) novamente foi alvo de protestos de ativistas gays durante um evento realizado pela Igreja Assembleia de Deus da cidade de Santarém, no Pará.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel Na última segunda-feira, um grupo de manifestantes protestava contra Feliciano, e o pastor pediu à Polícia Militar que fizesse cumprir a proteção da lei à liberdade de crença e ao local de culto, e pediu a prisão dos manifestantes: “Essas pessoas podem sair daqui presas, algemadas, agora. Semana passada eu já prendi dois. Isso aqui não é casa da mãe Joana. Isso aqui é uma igreja. Respeitem essa igreja”, gritou o pastor, usando o microfone.
Pessoas que estavam no evento filmaram o tumulto e gravaram a indignação do pastor com a manifestação durante o culto: “Eu convidei vocês pra receberem uma oração e pra participar do culto. Pra fazer baderna, vá fazer na sua casa. Vá fazer baderna lá no antro de prostituição. Vá fazer baderna lá nos quintos dos infernos”, berrou Feliciano.

Caso de Polícia
O tumulto cresceu e os manifestantes foram levados à delegacia, acompanhados de alguns dos seguranças contratados pela igreja organizadora do evento, para prestar esclarecimentos.
De acordo com informações da TV Liberal, afiliada à Rede Globo, os manifestantes se queixaram de agressões: “A polícia embargou a gente depois que um cara que estava fazendo a segurança do evento tirou o colete para agredir um dos meninos”, relatou a estudante Ingrid Brasil.
A advogada dos manifestantes declarou que foi “acionada diante de uma denúncia de truculência” por parte da polícia e dos seguranças: “Houve o evento na orla da cidade em que as pessoas, pela liberdade de expressão, tentaram se manifestar contrariamente a uma pessoa que é conhecida nacionalmente”, disse a advogada Juliane Fontele.
Eyceila Menezes, advogada da Assembleia de Deus, justificou a ação da Polícia contra os manifestantes dizendo que eles se recusavam a deixar o local, mas ressaltou que a igreja não prega violência: “Realmente não é a intenção da igreja fazer nenhum tipo de procedimento contra os jovens”.

Repercussão na Região
O blog do J Campos publicou informações sobre o tumulto, e os internautas comentaram o ocorrido. Márcio Albuquerque incentivou Feliciano em sua postura: “Esses ativistas querem ter respeito mais não sabe ter! Algemas neles Feliciano ‘futuro presidente do brasil’”, escreveu.
A reação contrária também foi registrada: “Só Jesus pode nos salvar do Feliciano, de sua maldade e da sua perseguição contra quem não aceita a viver de acordo com seus dogmas… Povo de Deus diga não às injustiças e as maldades que este homem faz a quem não segue a ele e sua religião…”, escreveu Francisco Lima.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Gastos públicos com a Jornada Mundial da Juventude chegam a R$ 109 milhões; Saiba onde o dinheiro foi aplicado

Gastos públicos com a Jornada Mundial da Juventude chegam a R$ 109 milhões; Saiba onde o dinheiro foi aplicado
Os gastos públicos com a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) foram alvo de polêmicas e protestos por parte de grupos contrários ao uso de verbas governamentais na realização do evento católico.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel Agora, finalizado o evento, as três esferas de governo envolvidas na realização da JMJ iniciaram a divulgação de suas despesas, com detalhes sobre quando, onde e quanto foram gastos.
O jornal Folha de S. Paulo publicou que o governo federal foi quem mais gastou, de acordo com os relatórios preliminares. R$ 57 milhões foram destinados às Jornada Mundial da Juventude pela União.
As Forças Armadas receberam R$ 27 milhões para custear alimentação, combustível, e estrutura física de alojamento e hospitais de campanha. R$ 30 milhões foram destinados pela Secretaria Especial para Grandes Eventos, do Ministério da Justiça, para custear passagens e diárias de policiais e agentes da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), que foram deslocados para o Rio de Janeiro.
Já os governos estadual e municipal divulgaram até agora que gastaram R$ 26 milhões cada um, porém não detalharam suas despesas.
Por parte do governo do estado sabe-se que o dinheiro foi usado para quitar as despesas com transporte dos voluntários e peregrinos da JMJ, além da recepção ao papa Francisco no Palácio da Guanabara, que custou R$ 850 mil.
A prefeitura declarou ter usado suas verbas para o pagamento de serviços de logística e planejamento, além da estrutura no Campus Fidei, em Guaratiba (foto), que não foi usado. Essas obras envolveram a urbanização de ruas, limpeza e dragagem do rio Piraquê, vizinho ao local, e construção de passarelas para os peregrinos. Eduardo Paes, prefeito do Rio, declarou que essas obras eram previstas para os próximos anos, porém com a realização da JMJ o cronograma foi acelerado.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Instrução sobre atuação em estabelecimentos prisionais é ministrada a oficiais da PMBA em Itabuna

Durante 03 dias, oficiais da Polícia Militar do Estado da Bahia que atuam no comando de unidades especializadas nas cidades situadas no sul e extremo sul, estiveram com prepostos do Batalhão de Choque na sede do 15° batalhão de Itabuna, participando de instrução para atuarem em estabelecimentos prisionais. O curso que foi ministrado pelo Ten PM Paulo Vinicius Teixeira, oficial pertencente ao quadro do Batalhão de Choque, permitiu em 30 horas qualificar os profissionais a atuarem no controle de distúrbios civis, com a utilização de agentes químicos e uso de munição de impacto controlado. A proposta do curso visou através das aulas teóricas e práticas, qualificar os oficiais para serem multiplicadores nas suas unidades, transmitindo a tropa conhecimento para intervenção policial em caso de rebelião nos presídios e manifestações. Essas ações demonstram a preocupação da polícia baiana em preparar tecnicamente seu contingente para atuação dentro da legalidade jurídica e com segurança ao policial e ao detento.

Reverendo cita cinco pontos que o papa precisa mudar na Igreja Católica

Reverendo cita cinco pontos que o Papa precisa mudar na Igreja Católica
Em uma ministração realizada na Igreja Presbiteriana de Santo Amaro neste último domingo (28), o reverendo Solano Portela comentou sobre as mudanças que o Papa Francisco tem feito na Igreja Católica e questionou se o novo líder estará disposto fazer todas as reformulações que a igreja está precisando.
O pastor presbiteriano listou cinco pontos que o Papa deveria mudar, a começar pela rejeição dos livros apócrifos. Ele lembra que o Antigo Testamento é formado apenas pelo Pentateuco, livros históricos e proféticos e livros poéticos somando 39 livros.
“Evangélicos e católicos concordam quanto aos 27 livros do Novo Testamento, mas essas adições à Palavra são responsáveis pela introdução de diversas doutrinas estranhas, que nunca foram ensinadas ou abraçadas por Jesus e pelos apóstolos”, escreveu Portela.
Outro ponto que, na visão do pastor, o papa deveria considerar é rejeitar os mediadores. “Não acatar a mediação de Maria, e muito menos a designação dela como co-redentora, lembrando que o ensino da Palavra é o de que ‘há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem’”.
Em seguida Francisco precisaria rejeitar as imagens e acabar com a veneração a santos. Solano Portela lembra que a Bíblia condena a prática, portanto, se a Igreja Católica pretende proclamar a Palavra, ela terá que abandonar tal prática.
A doutrina do purgatório seria outro ensinamento católico que precisa ser refutado. Ela “não tem base bíblica e surgiu exatamente dos livros conhecidos como apócrifos”, disse o reverendo presbiteriano.
“Jesus e a Bíblia ensinam que existem apenas dois destinos que esperam as pessoas, após a morte: Estar na glória com o Criador – salvos pela graça infinita de Deus (Lucas 23.43 – ‘Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso’ – e Atos 15.11 – ‘fomos salvos pela graça do Senhor Jesus’), ou na morte eterna (Mateus 23.33 – ‘Serpentes, raça de víboras! Como escapareis da condenação do inferno?’), como consequência dos nossos próprios pecados.”
Por último, Jorge Bergoglio precisaria rejeitar as rezas e ensinar os fiéis a se dirigirem ao Pai como Jesus Cristo ensinou. O pastor acredita que a ‘ficha’ ainda não caiu para a Igreja Católica quando o assunto é falar com Deus. Para ele as rezas, rosários, novenas e etc. são mantras religiosos, repetições que o próprio Cristo fez declarações contrárias.

Fonte: gospelprime

Caio Fabio, líder da Comunidade Caminho da Graça.

“Igreja Católica deveria bancar tudo”, diz Caio Fábio sobre JMJ
Em vídeo o pastor Caio Fábio criticou o dinheiro público gasto com a vinda do Papa Francisco ao Brasil e afirmou que se existisse um papa evangélico ele também seria contra o financiamento público do evento que este líder participaria.
“O Estado não tinha que bancar nada, a Igreja Católica deveria bancar tudo”, disse ele. “Assim como o Estado não deveria bancar nada dos evangélicos e banca”, continuou.
A crítica do apresentador da “Vem & Vê TV” se estendeu para a bancada evangélica que está no Congresso e até mesmo para as emissoras de rádio e TV evangélicas que precisaram da autorização do governo para terem a concessão desses canais.
“Essa bancada evangélica está lá fazendo projetos de leis para igrejas o dia inteiro. De onde você acha que vem esse monte de televisão evangélica, emissora evangélica, rádio evangélica… é tudo maracutaia lá de dentro. É cédula política para pagar, são concessões públicas, privilégios públicos”, disse Caio Fábio.
Nem a Rede Globo com o Festival Promessas e o pastor Silas Malafaia escaparam das declarações do pastor. Ele comentou essa aproximação da emissora carioca com os evangélicos dizendo que se fosse um papa evangélico e a Globo aceitasse patrocinar e cobrir o evento nenhum protestante reclamaria.
Em outro ponto ele diz que o pastor Silas Malafaia não falou nada contra essa abertura dada ao líder católico por conta de seu acordo com a emissora. “Antes o Silas odiava a Rede Globo.
Ele ficou trinta anos chamando aquilo de demônio porque a porta não era aberta para ele. No dia que a porta abriu, olha só… não só estão fazendo negócios e ganhando muito dinheiro com isso, como o papa veio e ele [Malafaia] não disse nada”.

Fonte: gospelprime

Pastor Dwight L. Moody falou sobre a Maçonaria

“Eu não vejo como qualquer cristão, acima de tudo, um ministro cristão, possa frequentar essas lojas secretas juntamente com os incrédulos. Eles dizem que podem ter mais influência para o bem, mas eu digo que eles podem ter muito mais influência para o bem se ficarem fora das sociedades secetas e reprovando as suas más ações. Você nunca pode reformar nada por si mesmo ao se unir de forma desigual com homens ímpios.
Diga-lhes a verdade de qualquer maneira, e se eles preferirem deixar suas igrejas do que suas lojas maçõnicas, quanto mais cedo eles saírem de suas igrejas, melhor será. Prefiro ter 10 membros que estão afastados do mundo do que mil membros desses!  Melhor um com Deus do que mil sem Ele! Devemos caminhar com Deus, e se apenas um ou dois vão com a gente, está tudo certo."
Fonte: Apocalink.com.br

Dê a preferencia (Leitura Bíblica: Gênesis 13.1-12)

Prefiram dar honra aos outros mais do que a si próprios (Rm 12.10).

“Quem parte e reparte, e não fica com a melhor parte, é bobo e sem arte.” Sempre ouvia esse ditado de um dos meus irmãos quando eu ainda era criança. Nunca o esqueci, embora tivesse dificuldade para agir assim porque ficava sem graça de sempre escolher a parte melhor.

No texto da leitura, encontramos Abrão e Ló enfrentando dificuldades para sustentar seus rebanhos porque estes eram grandes demais para a terra que ocupavam. Surgiu conflito entre seus trabalhadores. Abrão então, por querer manter a paz na família, propõe a Ló, seu sobrinho, que se separem. Sendo o mais velho, a preferência era de Abrão, mas ele generosamente permitiu que Ló escolhesse primeiro, acatando a sua decisão sem discussão. Aparentemente, Abrão saiu perdendo com isso.

O ser humano age como Ló: o negócio é levar vantagem e ter a melhor porção da partilha. O nosso impulso natural é sempre olhar primeiro para nós mesmos: quero ter mais proveito, chegar primeiro, fazer valer meus direitos. Não paramos para ouvir as razões dos outros e nem consideramos seus interesses ou desejos. Na ânsia de escolher um bom lugar, Ló acabou fazendo a pior escolha. Por olhar somente as vantagens exteriores, foi para o pior lugar possível. Mal sabia ele que dessa forma perderia sua terra, seu lar, sua esposa, pois a cidade onde se estabeleceu e aquela linda planície verdejante foram totalmente destruídas por causa da maldade das pessoas que moravam ali (Gn 19).

Abrão, porém, ao dar a preferência a Ló, demonstrou sua fé de que, qualquer que fosse a escolha de seu sobrinho, ela não interferiria na promessa que Deus havia preparado para ele próprio. Ao desistir do controle sobre sua escolha, demonstrou maturidade e confiança de que sua porção já tinha sido previamente escolhida por Deus. – LFS
 
Escolha deixar Deus escolher.

Divórcio não é saída de emergência, diz pastor Josué Gonçalves

Divórcio não é saída de emergência, diz pastor Josué Gonçalves
Referência no ministério para casais, o pastor Josué Gonçalves reconhece a importância de ministrar para as famílias e vê com entusiasmo o aumento do número de pastores interessados em usar a Palavra de Deus para ajudar a restaurar casamentos.
Com um estande na Feira Internacional Cristã (FIC), que aconteceu entre os dias 17 e 20 de julho em São Paulo, o pastor líder do ministério “Amo Família” estava lançando cinco livros e quatro DVDs com mensagens para as famílias, abordando assuntos como espiritualidade, criação de filhos e a importância do sexo no casamento.
Em entrevista ao Gospel Prime ele listou alguns pontos importantes para fazer um casamento ser bem sucedido e iniciou seu ensinamento falando sobre o começo desta união.
“O casal primeiro tem que ter começado certo. Como aconteceu a emancipação, a saída da casa dos pais?”, questiona. “Isso é um ponto importante. Eu costumo dizer que a forma como o casal sai da casa dos pais pode determinar a benção ou a falta dela”.
Outro ponto importante para que o casamento dê certo é o projeto de vida deste casal. De acordo com o pastor é preciso saber onde se quer chegar e assim traçar objetivos para conquistar esse alvo.
“A maioria dos casais não sabem o que querem e por isso não tem metas. Consequentemente vão levando a vida empurrando com a barriga”, diz. O autor do livro “A família que Deus criou” dá uma dica interessante: estabeleça metas. “Quando o casal estabelece metas, essas metas se tornam realidade”.
Como líder espiritual e especialista no tema familiar, Josué Gonçalves lembra da importância da família dos noivos. Os pais são figuras de autoridade espiritual e a boa convivência com a família determina o bom relacionamento do casal.
“Está provado que boa parte dos conflitos está relacionada com a falta de habilidade de se relacionar com a família do outro ou com a sua própria família”, disse.
A quarta e última dica dada pelo pastor aos leitores do site se refere à área financeira do casal. “Uma das causas dos conflitos nos casamentos é a questão financeira”, diz ele indicando que os casais precisam desenvolver habilidades para administrar o dinheiro da casa.
Divórcio não é saída de emergência
É impossível falar sobre casamento sem citar os números crescentes de divórcios até mesmo entre casais cristãos. As estatísticas mostram até que não há diferença nos números de separações entre pessoas religiosas e não religiosas.
“O divórcio, infelizmente, ao invés de ser visto como porta de emergência, está sendo visto como porta de saída”, disse Josué Gonçalves.
Na visão do pastor os casais estão procurando o divórcio antes mesmo de tentar resolver os problemas. “Antes [de se divorciar] o casal deve buscar todas as alternativas possíveis para tentar salvar o casamento”.
O conselho que o pastor dá aos casais que estão em crise ou querem evitar conflitos é começar a prestar contas um para o outro. “Casamento é uma sociedade para toda a vida e em uma sociedade os dois precisam prestar contas”.
Fonte: gospelprime

Hegemonia em declínio

Hegemonia em declínio
O Brasil não é mais o maior país católico do mundo, pelo menos não em número de praticantes. A declaração do cardeal Dom Geraldo Majella, ao G1, de que “aqueles que aparentemente mudaram, nunca pertenceram (à Igreja Católica)” e que “não se perde o que não tem”, reflete uma realidade cada vez mais perceptível dentro e fora da Igreja. O Censo 2010 do IBGE apontou uma média de 123,3 milhões de pessoas que se declaram “católicas”, mas sem levar em conta a frequência destas em comunidades.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel Católicos nominais
Por ocasião do 50º Assembleia Geral da Conferência Nacional de Bispos do Brasil, realizada entre os dias 18 a 26 de abril de 2012, o padre jesuíta Thierry Lierry de Guertechin, apresentou, com base em dados coletados pela Fundação Getúlio Vargas e das Pesquisas de Orçamentos Familiares do IBGE, um quadro preocupante. Segundo o padre jesuíta, apenas 5%, ou cerca de 7 milhões de brasileiros vão à missa e recebem os sacramentos, de um universo de 123,3 milhões que se declaram “católicos”.
Sincretismo religioso
Outro problema identificado é o sincretismo religioso. Diferente de igrejas evangélicas – cujos membros possuem uma vivência denominacional –, no Catolicismo Romano o sincretismo de crenças e práticas cria um transito religioso que torna difícil uma classificação precisa. Por exemplo, em estados do nordeste é comum um fiel católico orbitar em torno de templos católicos e terreiros de umbanda, candomblé e xambá.
Herança religiosa
Os novos brasileiros veem ao mundo em um período em que a diversidade religiosa, cultural e social oferece multiplicas opções de escolha. A herança católica, comum até pelo menos a metade do século XX, é outra realidade que começa a perder sentido no Brasil. Apenas em áreas rurais do nordeste, norte e sul a herança religiosa continua sendo observada por tradicionalistas, muitos dos quais de origem espanhola, portuguesa e italiana, por exemplo. No entanto, nas grandes cidades há uma liberdade cada vez maior com relação à escolha de uma confissão religiosa e que começa já na juventude.
Estratégias de retomada
A chegada da Renovação Católica Carismática (RCC) ao Brasil, no começo da década de 70, o investimento em padres jovens e midiáticos, e a realização da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), no Rio, representam parte do esforço da Igreja no sentido de retomada da dianteira. Foi com a Constituição de 1891 que a Igreja começou a perder parte de sua hegemonia, sendo finalmente ameaçada com o crescimento pentecostal e neopentecostal, a partir da década de 50. Atualmente, os esforços pela manutenção de uma confissão religiosa contextualizada parecem começar a surtir efeito, principalmente em um momento em que o protestantismo demonstra dar sinais de enfraquecimento, com evasão de crentes e um crescente liberalismo teológico.
JMJ na Polônia
A movimentação católica visa fortalecer suas áreas de influência, como o Brasil, na América do Sul, México, na América Central, Filipinas, na Ásia, Itália, no Mediterrâneo e a Polônia, no leste europeu. A escolha de Cracóvia, na Polônia, como a próxima cidade-sede da JMJ segue uma agenda de fortalecimento regional. Com uma população de 38,53 milhões, a Polônia é de especial interesse para o Vaticano pelo o fato de que possui o maior número de católicos por habitantes da região, com algo em torno de 86,7% de fieis. Situação diferente ocorre na Ucrânia, onde há apenas 11,1% de católicos, contra os 54,3% de ortodoxos, e na Romênia, onde o número de católicos não passa de 4,7%, contra os 86,7% de ortodoxos. Há outros desafios, como a predominância protestante na Letônia (a Igreja Luterana possui 30 mil fieis a mais que a Igreja Católica), o secularismo da Estônia (dos países europeus é o menos religioso), a influência da Igreja Ortodoxa Russa (IOR), além de politicas liberais e o narcotráfico.
Por

Sobre o Papa e a Igreja Católica

Sobre o Papa e a Igreja Católica
Muitas das coisas que o Papa Francisco I prega, eu também prego.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel Ele diz que a missão da Igreja é difundir a mensagem de Jesus Cristo pelo mundo e que se não fizer isso a igreja não passará de uma ONG, e a igreja não é chamada a ser apenas uma ONG. Eu prego exatamente isso. É a mensagem cristã.
Desde o início eu gostei do papa. Um homem de Deus. Um irmão na fé. Um homem que vive o que prega. Admiro-o, respeito-o.
Agora, existem coisas que o Papa, se realmente quiser fazer com que a Igreja Católica volte às escrituras, não poderá ignorar:
1) A inexistência de intermediários entre nós e Deus: Não há mediadores, apenas um: Jesus Cristo. Ele é a pedra angular, sobre a qual está fundamentada a igreja que é dele. Não existe um representante de Deus na terra, infalível. Existem cristãos pecadores, que são salvos pela graça de Deus e que tem livre acesso direto a Deus por meio de Jesus.
2) Rejeitar o culto aos santos e as beatificações, venerações a santos, e todo o panteão da Igreja Católica:
“Não terás outros deuses além de mim.
“Não farás para ti nenhum ídolo, nenhuma imagem de qualquer coisa no céu, na terra, ou nas águas debaixo da terra.
Não te prostrarás diante deles nem lhes prestarás culto, porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que castigo os filhos pelos pecados de seus pais até a terceira e quarta geração daqueles que me desprezam Êxodo 20:3-5
Rejeitar o culto a Maria, que sim é mãe do Deus Jesus, mas não tem os atributos de Deus de onipresença, onisciência e onipotência, sendo incapaz de ouvir qualquer devoto.
Rejeitar a veneração a qualquer cristão que seja, sendo todos pecadores, e o único Perfeito, Autor e Consumador de Nossa Fé é digno de veneração: Jesus Cristo, o Rei dos Reis.
3) Rejeitar a Tradição da Igreja como tendo igual poder das Escrituras Sagradas. Podemos perceber que a Igreja Católica Apostólica Romana já errou diversas vezes, assim como qualquer igreja que é falível, pecadora e dirigida por homens pecadores pode errar. As cruzadas, indulgências, politicagem, enriquecimento ilícito, concílios que se contradizem, mostram que a palavra da Igreja não pode e nem tem o mesmo peso das Escrituras que são infalíveis. Somente as Escrituras são Infalíveis. A igreja erra, e sua tradição tem tido mais peso até do que as escrituras, onde a maioria dos católicos não conhecem suficientemente a bíblia e por isso são enganados muitas vezes.
Existem outros importantes pontos a serem tratados, porém creio serem estes os três principais pilares a serem reformados na Igreja Católica.
Lembrando que muitas igrejas que se dizem evangélicas na verdade são seitas pregando a teologia da prosperidade e precisam de igual modo voltar às escrituras. É extremamente necessário constantemente revermos aquilo que temos vivido e confrontar com as escrituras sagradas para ver se não nos afastamos.
Que Deus nos ajude.

Por

Pastor Silas Malafaia diz que papa Francisco cedeu ao “lobby gay” e precisa ler mais a Bíblia

Pastor Silas Malafaia diz que papa Francisco cedeu ao “lobby gay” e precisa ler mais a Bíblia
Durante sua viagem de volta a Roma, o papa Francisco concedeu uma entrevista a jornalistas que o acompanharam no avião comentando, entre outras coisas, sobre a polêmica em torno do “lobby gay”, que ele afirmou existir no Vaticano. Em sua declaração, ele afirmou que o que condena é o lobby e não os homossexuais, os quais, segundo ele, a igreja não deve julgar; mas sim acolher e integrar à sociedade.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel As declarações do líder católico foram comentadas pelo pastor Silas Malafaia, que afirmou que as afirmações do papa indicariam que ele parece ter cedido ao lobby gay, que ele mesmo criticou no inicio de seu papado.
Analisando a declaração dada pelo papa Francisco, Malafaia afirmou que falta à Igreja Católica “falta condenar o pecado, segundo o que a Bíblia diz” e que, “sem uma posição incisiva contra o pecado”, o catolicismo acaba perdendo seus fiéis.
- Do jeito que vão, sem uma posição incisiva contra o pecado, vão perder muito mais gente. Depois a Igreja Católica reclama que está perdendo gente para a igreja evangélica. – afirmou Malafaia, que classificou a postura do papa diante do tema como covarde.
- Faltou ao Papa a firmeza de dizer que a prática homossexual é pecado. Uma maneira subjetiva e covarde de não assumir uma posição firme que a Bíblia não negocia. – declarou o pastor.
Malafaia afirmou ainda estar “desconfiado que o Papa está precisando ler mais a Bíblia”, e afirmou que para que a Igreja Católica não perca mais fiéis para as igrejas evangélicas ela deveria motivar os católicos a lerem mais a Bíblia.
- Não temos autoridade para colocar ninguém no céu ou no inferno, mas temos autoridade, segundo a palavra de Deus, para dizer se a prática de alguém é pecaminosa ou não. Não temos autoridade para julgar ninguém que vai a Deus, mas temos autoridade de dizer que uma prática de vida é pecado segundo a luz da Bíblia – explicou.
- Em toda a passagem do Papa pelo Brasil, com toda a mídia em seu favor, em nenhum momento ele pede para os fiéis lerem a palavra de Deus – completou Malafaia.
Silas Malafaia termina afirmando que “pelo jeito” a igreja evangélica continuará crescendo, e explica tal crescimento dizendo que os líderes evangélicos não querem que o povo acredite apenas em suas palavras, mas sim na Bíblia.
- Vamos continuar lendo a palavra, pregando a palavra, distribuindo a palavra de Deus ao povo brasileiro. É exatamente o que está faltando à Igreja Católica – finaliza.
Por Dan Martins, para o Gospel+

Igreja Sara Nossa Terra, do bispo Robson Rodovalho, irá construir templo avaliado em R$ 40 milhões: “os fiéis colaboram conosco na base das lágrimas”

Igreja Sara Nossa Terra, do bispo Robson Rodovalho, irá construir templo avaliado em R$ 40 milhões: “os fiéis colaboram conosco na base das lágrimas”
O líder e fundador da Igreja Sara Nossa Terra, bispo Robson Rodovalho, estaria colocando em prática um plano de expansão da denominação que envolveria a duplicação dos atuais 113 templos existentes em São Paulo até o final do primeiro semestre de 2015.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel Há ainda um projeto de construir um megatemplo, com capacidade para 30 mil pessoas, e que seria a sede da Sara Nossa Terra. Rodovalho observou que o terreno deverá ser localizado na zona sul de São Paulo, área nobre da capital paulista.
De acordo com informações da revista Veja São Paulo, o bispo reconhece que investimento será alto nesse novo templo: “Vou investir 40 milhões de reais nesse projeto”, diz.
Rodovalho frisa que o templo será simples, apesar das cifras: “Será algo sem excessos. Os fiéis colaboram conosco na base das lágrimas, não podemos cometer exageros”, observa.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Nota do Ministério Público

O Ministério Público do Estado do Acre, por sua Promotora de Justiça Alessandra Garcia Marques, esclarece a todos aqueles(as) que investiram na empresa Telexfree que, em face de já ter sido ajuizada ação civil pública, no Estado do Acre, com o especial propósito de obter o ressarcimento de todos os valores investidos na referida empresa, que, de acordo com as regras processuais: os(as) Senhores(as) não precisam ajuizar ações individuais com a mesma finalidade, pois poderão apenas, no local onde sofreram o prejuízo, portanto, onde contrataram com a empresa e deixaram de perceber os lucros prometidos, liquidar e executar a sentença a ser proferida ao final da fase de conhecimento da indicada ação coletiva proposta pelo Ministério Público do Estado do Acre, evitando, assim, que tenham de dar início ao processo individual. Para tanto, é de fundamental importância que guardem todos os comprovantes dos pagamentos feitos à empresa, o contrato firmado com a Telexfree e comprovantes de investimentos feitos pela via eletrônica, sem os quais não conseguirão provar os valores investidos. Por derradeiro, é importante esclarecer que, de mesmo modo que não precisam dar início a um processo individual visando ao ressarcimento dos investimentos feitos, o que representa, inclusive, economia de recursos financeiros, os(as) Senhores(as) não precisam requerer a intervenção nas demandas coletivas ajuizadas pelo Ministério Público, porque, tal como já vem se manifestando o Ministério Público do Estado do Acre, em virtude das regras processuais aplicáveis ao caso, essa intervenção apenas tumultuará a resolução do conflito e retardará o fim esperado dos processos, sendo que, a não intervenção dos (as) Senhores(as) não resulta, é importante dizer, em qualquer prejuízo aos interesses de cada um daqueles que investiram na empresa.

terça-feira, 30 de julho de 2013

Líderes cristãos mundiais estariam mudando de opinião sobre a homossexualidade? Confira discursos recentes em tom amigável

Líderes cristãos mundiais estariam mudando de opinião sobre a homossexualidade? Confira discursos recentes em tom amigável
Diversas lideranças cristãs ao redor do mundo tem adotado uma postura de maior empatia às questões ligadas à homossexualidade e até, relativas a mudança de gênero.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel As igrejas anglicana e luterana tem adotado posturas de aceitação da prática, e recentemente a direção da Igreja Luterana nos Estados Unidos elegeu seu primeiro bispo homossexual.
No último fim de semana, Desmond Tutu, ex-arcebispo da Igreja Anglicana na África e um dos principais líderes ativistas dos Direitos Humanos no Continente, afirmou que preferia ir ao inferno a rejeitar homossexuais: “Eu não veneraria um Deus que fosse homofóbico e é assim que me sinto para falar sobre isso [...] Eu me recusaria a entrar em um paraíso homofóbico. Chegaria lá e diria: ‘sinto muito, prefiro ir para o outro lugar’”.
A recente fala do papa Francisco na entrevista coletiva no voo de seu retorno à Roma no último domingo, 28 de julho, contra a marginalização dos homossexuais e determinando que não se façam julgamentos àqueles que buscam a Deus, também denota uma mudança de postura significativa.
Antes de sua eleição ao pontificado, o cardeal Jorge Mario Bergoglio foi um ferrenho opositor do casamento gay na Argentina, e teria dito a uma amiga de infância que considerava homossexuais como uma aberração, de acordo com informações do site gay A Capa.
O pastor Pat Robertson, 83 anos, ferrenho crítico de ativistas gays nos Estados Unidos e conhecido por suas falas polêmicas, recentemente fez declarações surpreendentes sobre um tema ligado à mudança de gênero.
Segundo Robertson, “há homens que estão no corpo de uma mulher”, e por isso não se deve julgar quem opta por uma cirurgia de mudança de sexo.
“É muito raro, mas é verdade. Homens ou mulheres que estão em corpos masculinos, e que querem uma mudança de sexo. Isso é uma coisa muito permanente e, acredite, quando você tem certas partes do corpo amputadas [...] com vários tipos de hormônios… É um procedimento radical. Eu não acho que haja qualquer pecado associado a isso. Eu não condeno alguém por fazer isso”, afirmou.
As declarações, feitas durante o programa Bring It On-Line da Christian Broadcasting Network (CBN), foram bem recebidas por lideranças do movimento homossexual, e classificadas como “simpáticas” e demonstrativas de uma “mudança de ritmo” por parte de Robertson.
Gays x Evangélicos no Brasil
As principais lideranças evangélicas pentecostais e neopentecostais no Brasil mantém sua postura contrária à prática homossexual. Mesmo com a tendência observada ao redor do mundo, pastores como Silas Malafaia e Marco Feliciano (PSC-SP) são os principais defensores da doutrina que condena como pecado o casamento gay e outros assuntos relacionados à questão.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Pastor Silas Malafaia revela que teve “embates fortes” na gravação do Na Moral, na Globo: “Podem colocar alguns dos meus momentos não muito bons”

Pastor Silas Malafaia revela que teve “embates fortes” na gravação do Na Moral, na Globo: “Podem colocar alguns dos meus momentos não muito bons”
O pastor Silas Malafaia gravou semanas atrás sua participação no programa Na Moral, da TV Globo, que será levado ao ar na próxima quinta-feira, 01 de agosto.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel Segundo Malafaia, o debate mediado pelo apresentador Pedro Bial teve quase duas horas de duração, mas apenas 35 minutos serão levados ao ar pela emissora.
“O programa teve muitas partes quentes. A dúvida é saber o que vai ao ar. Dependerá da edição. Foram quase duas horas de gravação para um programa de 35 minutos”, disse Malafaia. O tema do programa foi o Estado laico, e contou com a presença de um ateu, um padre e um espírita.
O pastor, no entanto, demonstrou preocupação com eventuais distorções que a edição do programa possa fazer em relação às suas falas.
“Quem tem medo de desafios e de correr riscos fique em casa e seja mais um na multidão. Tenho aprendido com a Bíblia que não devemos temer nenhuma confrontação da nossa fé. Se sou convidado para um programa que eu sei que vai ter edições, estou correndo risco. Entretanto, como conheço um pouco de TV, também sei que não dá para editar tudo. Eles podem colocar alguns dos meus momentos não muito bons, mas também não dá para colocar só isso, senão o programa perde a graça. Eu tive embates fortes com o ateu”, afirmou Malafaia.
Conhecido por sua personalidade forte e gestos vultosos, o pastor diz que acredita que Deus será exaltado quando o programa for levado ao ar: “Acredito que Deus, por Sua infinita bondade, tem me preparado nesses mais de 30 anos na TV para não ter medo de câmeras nem da confrontação. A minha oração foi esta: que o Espírito Santo estivesse na edição. Como vou me omitir diante de um assunto desse? O meu desejo é que Deus seja glorificado”, resumiu.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

O "Olho de Hórus" nos logotipos Gospel, Evangélicos. Por que?

Por que cada dia mais as entidades Gospel, Evangélicas estão criando seus logotipos no formato do olho de Hórus? Você sabe quem é Hórus? Questione seu líder!

No exemplo abaixo, você poderá observar o logotipo do "Joga Limpo Brasil", coordenado pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) e compará-lo com o olho de Hórus logo abaixo.

São inúmeras as entidades, instituições e eventos gospel que fazem alusão a esse deus grego em seus logotipos. Alguns autores sugerem que a história de Jesus pode ter sido baseada em várias outras histórias de deuses antigos, principalmente Hórus.

Esse deus grego, carrega em suas mãos as chaves da vida, da morte e da fertilidade. A lenda ainda sugere que Hórus foi concebido por Isis, quando Osiris, que era seu pai, já estava morto.

BA: PMs envolvidos em briga de bar no Rio Vermelho têm prisão preventiva decretada

As prisões em flagrante de dois dos três soldados da Polícia Militar que se envolveram em uma briga no Bar 30 Segundos na última sexta-feira (26) foram convertidas em preventiva. A decisão foi do juiz do Plantão Judiciário. Adílson Prazeres Barbosa, 26 anos, e Gervásio Augusto Carvalho da Silva Júnior, 29, seguem custodiados no Batalhão de Choque da PM, em Lauro de Freitas e deverão aguardar a conclusão das investigações presos. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-Ba), os soldados Adilson e Gervásio foram ouvidos na 1ª Delegacia Territorial (DT/Barris) e na Corregedoria da Polícia Militar. Depois eles foram encaminhados ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) para se submeterem a exames de corpo delito, alcoolemia e resíduos metálicos. Lotado na 36ª CIPM (Dias D’Ávila), Adílson foi autuado em flagrante por disparo de arma de fogo em local público e uso de documento falso, pois o documento de porte não batia com a numeração da sua arma. Já Gervásio, que serve na 14ª CIPM (Lobato) e é apontado por testemunhas como autor de disparos dentro da casa noturna, vai responder por tentativa de homicídio, porte ilegal de arma e disparo de arma de fogo em local público.

Pastor Ciro Zibordi diz que passou a admirar o papa Francisco, mas frisa que ele não é modelo para os evangélicos

Pastor Ciro Zibordi diz que passou a admirar o papa Francisco, mas frisa que ele não é modelo para os evangélicos
A postura de humildade do papa Francisco durante sua estada no Brasil para a Jornada Mundial da Juventude tem sido ressaltada por lideranças evangélicas, que embora aplaudam a personalidade do líder católico, destacam as divergências teológicas com o catolicismo como forma de rechaçar que o pontífice seja um exemplo para evangélicos.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel O pastor assembleiano e escritor Ciro Zibordi, conhecido por opiniões contundentes, publicou em seu blog um artigo sobre a figura do papa Francisco, e destacou que passou a nutrir admiração por ele.
“Falo diante de Deus, que sonda os corações: passei a ter grande respeito pelo papa Francisco. Ele realmente é um modelo de simplicidade e bondade, um pacificador, um exemplo, como o foram Gandhi, Madre Tereza de Calcutá e outros”, escreveu o pastor.
Entretanto, essa característica do papa e a reação das pessoas com sua postura o levaram a destacar uma profecia apocalíptica: “Fazendo uma abordagem teológica — não confunda com análise teológica —, a visita do papa ao Brasil foi uma amostra de como será fácil para o Falso Profeta implantar uma falsa religião global, à luz de Apocalipse 13. Em poucos dias, artistas famosos e jornalistas da grande mídia se transformaram em católicos fervorosos! E mais: muitos evangélicos [...] passaram não só a admirar o papa Francisco, como também a achar que ele é a solução para o evangelicalismo em crise”, observou.
Zibordi voltou a ressaltar que “no que tange à visão humanitária e pacificadora do papa Francisco, estou com ele”. O pastor frisou que “independentemente de religião, toda a humanidade — formada por católicos, muçulmanos, judeus, budistas, evangélicos, hinduístas, espíritas, ateus, agnósticos, etc. — deve se unir, buscar a paz e procurar socorrer os pobres, ajudar o povo carente, contribuir para a educação de todos”.
As divergências teológicas, aparentemente irreconciliáveis, foram colocadas como divisor de águas no assunto pelo pastor Ciro Zibordi: “Por que Martinho Lutero iniciou a Reforma Protestante? Tal reforma teve reflexos em outras áreas, é claro, mas ela ocorreu, sobretudo, no âmbito teológico, por causa da deturpação das Escrituras. Os reformadores se opuseram aos desvios do Evangelho! Em outras palavras, eles protestaram contra o fato de a Igreja Católica Apostólica Romana não estar sendo fiel à sã doutrina apresentada nas Escrituras”, contextualizou o pastor.
Em sua conclusão, Zibordi ainda afirmou que as duas questões são distintas, mas não devem ser ignoradas: “Além da simplicidade e do desapego a bens materiais — qualidades do papa Francisco —, é preciso que haja compromisso com a sã doutrina e com a adoração exclusiva ao Senhor Jesus. A cristocentricidade (ou a cristocentralidade) do Evangelho não admite o culto à personalidade (antropocentrismo), ora presente no meio evangélico. Mas o autêntico Evangelho também rejeita o culto a Maria (mariolatria), há séculos presente no catolicismo”.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Dengue diminui 63,1% em Itabuna: São sete meses sem mortes ou casos graves da doença

O trabalho de mobilização social para prevenção e controle da dengue feito pela Secretaria de Saúde garantiu ao município de Itabuna a diminuição no número de casos da doença nos primeiros sete meses de 2013. Desde o início do semestre os índices mostravam uma queda superior a 50%, recente balanço aponta que de janeiro a julho foram notificados 2.269 casos de dengue, índice 63,1% menor que em 2012, quando no mesmo período foram notificados 6.147 casos. O coordenador de Combate às Endemias, Renato Freitas, lembra que além da redução de casos também não foram notificados casos graves da doença e nenhum óbito. “Essa queda é em função da qualidade do serviço dos agentes e a ação de bloqueio imediato de casos após a notificação”. A redução levou a equipe a receber uma homenagem da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) e da Fundação Luis Eduardo Magalhães que reconheceu o empenho e o engajamento na prevenção e controle da doença.

MC Dentinho conta como deixou as drogas e se converteu

MC Dentinho conta como deixou as drogas e se converteu

O MC Dentinho contou sua história de vida e seu testemunho pessoal no programa Nunca É Tarde, na Rede Super, depois de fazer muito sucesso no meio secular, o cantor encontrou em Cristo a saída para as drogas.
O cantor se envolveu com drogas aos 7 anos de idade e aos 11 já estava viciado. O consumo diminuiu quando ele se casou, isso aos 18 anos, mas com o tempo ele foi se afundando mais no consumo de cocaína e de um chá alucinógeno.
Seu problema com entorpecentes foi crescendo juntamente com o sucesso da dupla que ele formou com Nando [Nando e Dentinho], juntos eles interpretavam canções ainda hoje conhecidas no cenário “Rap da diferença”, “Malha funk”, “Bate na palma da mão” e outros.
“Eu sou um milagre, tive dois infartos e três AVCs. Tive um câncer no cérebro, metade do meu pulmão estava comprometida por causa da droga”, relatou.
Dentinho sabe que só sobreviveu a essa vida de excessos graças as orações de sua esposa e filha. “Sempre que eu chegava em casa encontrava minha esposa de joelhos no chão”, disse ele que nessa época estava morando na rua.
Seu encontro com Deus aconteceu quando ele encontrou um homem ouvindo uma canção de André Valadão. Foi então que ele ouviu a voz de Deus e resolveu voltar para a casa. Naquele dia ele foi levado para uma igreja. “Quando entrei tinha acabado o louvor e o pastor falou uma frase que entrou como flecha no meu coração: ‘Só Jesus liberta’”.
Depois daquele dia ele passou a se envolver com a igreja e foi liberto do vício das drogas. Anos mais tarde ele se sentiu preparado para gravar um CD evangélico, mas ele deixa claro que só aceita convites para cantar se tiver a oportunidade de contar esse testemunho.

Fonte: gospelprime

Efeito Borboleta (Leitura Bíblica: 1 Coríntios 3.5-10)

Somos cooperadores de Deus; vocês são lavoura de Deus e edifício de Deus (1Co 3.9).

Edmard Lorenz foi o primeiro cientista a analisar a teoria chamada “efeito borboleta”, segundo a qual o bater de asas de uma borboleta no Pacífico pode ser responsável pelo aparecimento de um tufão do outro lado do planeta. Esta teoria do caos afirma que um pequeno evento pode ter consequências imprevisíveis, pois o resultado final é determinado por ações interligadas de forma quase aleatória.

Se até o movimento de uma asa de inseto pode, teoricamente, ter tamanhas implicações, será que nós podemos saber e medir o que uma simples ação nossa é capaz de causar? Atribui-se a E.H. Chapin a frase: “Toda ação de nossa vida toca alguma corda que vibrará na eternidade”.

Paulo ensina em nosso texto base que somos cooperadores de Deus. Deus utiliza cada um de nós para realizar sua obra aqui na terra. Há tarefas que nós devemos cumprir: uma oração, uma palavra de consolo, um sorriso, uma ajuda prática. Por meio delas, tornamo-nos parceiros, ajudantes de Deus. Acredito que Deus não se move para fazer aquilo que nós podemos realizar. Cada um de nós tem seus dons e habilidades – como acontecia com Paulo e Apolo. Trabalhavam cada um do seu modo, com as forças que Deus lhes dava para o trabalho. E Deus cuidava da parte que não estava ao alcance deles: o crescimento em si.

Sempre devemos acreditar que pequenas atitudes podem gerar grandes transformações. Não sabemos agora o resultado das pequenas coisas que podemos fazer – mas Deus sabe. Precisamos deixar de lado a preguiça, o comodismo e a esperança de que as coisas aconteçam enquanto estamos de braços cruzados. E, é bom lembrar, cruzar os braços e não fazer nada também é uma ação com consequências – igualmente imprevisíveis. Que Deus nos abençoe com fé para acreditar que podemos fazer diferença neste mundo tão carente de ações boas. – HSG
 
Lance as sementes e Deus dará o crescimento.

Giovanna Antonelli e Alinne Moraes serão casal gay em novela da Globo

A novela que substituirá "Amor à Vida" está em fase de produção. O autor Manoel Carlos, 80, já escreveu 13 capítulos de "Em Família". Na nova trama das 21h, Alinne Moraes, 30, viverá um grande amor com Giovanna Antonelli, 37. A atriz há meses fez um contato mais próximo com Thammy Miranda com quem pegou dicas de comportamento para viver a personagem.
Segundo o jornalista Flávio Ricco, do portal "UOL", a história das duas irá começar com Clara, papel de Giovanna, que será uma dona de casa, com marido e filho de 10 anos. Depois de um tempo, ela terminará o casamento para viver um romance com uma fotógrafa, vivida por Aline.
A direção da novela ficará a cargo de Jayme Monjardim, 57, e algumas locações serão em Goiânia e em Viena. O último trabalho de Giovanna Antonelli na TV foi como a delegada Helô, de "Salve Jorge". Já Alinne Moraes, participou da série "Como Aproveitar o Fim do Mundo", de 2012.

Fonte Original: http://www.ofuxicogospel.com/2013/07/giovanna-antonelli-e-alinne-moraes.html#ixzz2aX1rCfsM

Cassiane e Jairinho assumem Assembleia de Deus em Alphaville

Cassiane e Jairinho assumem Assembleia de Deus em Alphaville
Cassiane e Jairinho serão os líderes da Assembleia de Deus Alphaville, em Barueri, São Paulo. O convite foi oficializado no último dia 21 na Assembleia de Deus do Brás, presidida pelo pastor Samuel Ferreira.
O casal foi recebido pelo presidente do Conselho de Pastores de São Paulo, pastor Jabes Alencar, e comemoraram o convite. “Fomos bem recebidos pelo pastor presidente do conselho, Jabes Alencar. Pastores do ministério ADBRÁS e todos foram solícitos em nos receber. Como eu sempre digo, debaixo de obediência Deus sempre honrara as nossas atitudes”, disse Jairinho com exclusividade ao Gospel Prime.
Consagrada à primeira pastora das Assembleias de Deus, a cantora Cassiane, usou o Twitter para comemorar a nova fase no ministério: “Eu e Jairinho Manhães estamos vindo pastorear Alphaville debaixo da benção dos nossos pastores; João Nunes, Abner Ferreira e Samuel Ferreira”, escreveu.
Jairinho e Cassiane foram consagrados pastores em 2005 e eram responsáveis pelo “Culto da Benção”, em Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, igreja presidida pelo pastor João Nunes, subordinado à Assembleia de Deus em Madureira.

Fonte: gospelprime

Nobel da Paz e líder religioso, Desmond Tutu discursa a favor dos homossexuais: “Prefiro o inferno a um paraíso homofóbico”

Nobel da Paz e líder religioso, Desmond Tutu discursa a favor dos homossexuais: “Prefiro o inferno a um paraíso homofóbico”
Desmond Tutu, ex-arcebispo da Igreja Anglicana da Cidade do Cabo e um dos principais ativistas dos direitos humanos no continente africano, fez um discurso contra a homofobia em um evento organizado pela Organização das Nações Unidas (ONU) na África do Sul em defesa da diversidade sexual.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel Tutu, que foi o vencedor do Prêmio Nobel da Paz em 1984 por sua atuação contra o apartheid, falou a favor dos direitos da comunidade LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros) afirmando que prefere “o inferno do que um paraíso homofóbico”.
- Eu não veneraria um Deus que fosse homofóbico e é assim que me sinto para falar sobre isso (…). Eu me recusaria a entrar em um paraíso homofóbico. Chegaria lá e diria: ‘sinto muito’, prefiro ir para ‘o outro lugar – afirmou o líder religioso.
De acordo com o portal UOL, o ex-arcebispo anglicano fez também pesadas críticas a religiões e líderes religiosos que agem de maneira discriminatória em relação às pessoas por suas opções sexuais.
- Estou tão engajado nesta campanha como sempre estive na luta contra o apartheid. Para mim, ambas estão no mesmo nível – completou Desmond Tutu.
O evento, marcado pelo lançamento de uma campanha em defesa da comunidade LGBT, contou ainda com a presença do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e da alta comissária para os direitos humanos, Navi Pillay.
Por Dan Martins, para o Gospel+

95% dos socorridos pelas polícias paulistas morrem

Policiais matam em confronto
No início de julho, divulgamos aqui a notícia alvissareira de que a Polícia Militar do Estado de São Paulo está matando menos. Após a medida do Governo do Estado que restringiu os socorros prestados por policiais após confrontos, a capital paulista, por exemplo, teve 84% menos mortes promovidas em ações policiais. Em carta enviada ao governo de São Paulo, publicada nesta segunda na imprensa, a ONG Human Rights Watch (HRW) reconheceu esta evolução:
É digno de mérito notar que as estatísticas oficiais do Estado apontam para uma redução na taxa de homicídios de 63% no Estado e 80% na capital desde 2000.[1]Observamos, ainda, uma redução de aproximadamente 34% nas mortes causadas por ação policial durante os primeiros seis meses de 2013 em comparação com o mesmo período em 2012.
[...]
Outrossim, reconhecemos que o governo do Estado tem tomado providências relevantes para conter execuções extrajudiciais e o seu acobertamento por policiais como, por exemplo, a nova medida de janeiro de 2013 determinando que policiais envolvidos em confrontos acionem imediatamente a equipe do resgate SAMU ou o serviço local de emergência, em vez de eles próprios transportarem as vítimas para hospitais. Saudamos, também, as reiteradas declarações de autoridades estaduais condenando abusos policiais e assegurando a punição dos oficiais que os cometem.
Considerando que policiais corriqueiramente enfrentam sérias ameaças de violência, há, incontestavelmente, um certo número de mortes decorrentes de intervenção policial resultantes do uso legítimo da força.
Ao tempo em que destacou estes resultados, a ONG divulgou dados, no mínimo, preocupantes em relação ao que vem ocorrendo no estado em relação aos confrontos entre policiais e suspeitos. Por exemplo:
“Em 317 ocorrências de resistência entre 02 de janeiro e 31 de dezembro de 2012, envolvendo policiais civis e militares, em serviço ou de folga, a polícia transportou 379 pessoas para os hospitais. Entre elas, 360 (ou aproximadamente 95%) foram a óbito.”
Outra preocupação manifestada pela HRW se refere à mais famosa unidade de repressão da PMESP, a ROTA. Num total de 259 ações de uso da força da ROTA, entre 2010 e 2012, em apenas 12 o suspeito não morreu na ação.
Está correta a HRW quando afirma que os dados apresentados são preocupantes: demonstra uma relação de uso da força desmedido, incompatível com um nível civilizatório minimamente adequado ao que entendemos por democracia. Em qualquer lugar do mundo onde a polícia precise usar a força e em 95% dos casos o desdobramento é letal não há dúvida que há algo pouco civilizado acontecendo – sendo moderado no julgamento.
Que estes números, relativos a 2012, sejam significativamente amenizados em 2013, como já vem ocorrendo. E que os policiais possam usar a força (inclusive a letal, se necessária) sem questionamentos de legitimidade em virtude dos excessos cometidos por quem não tem compromisso com o profissionalismo e o respeito à dignidade humana.
Leiam toda a carta da Human Rights Watch (HRW). Vale a pena!

Fonte: Abordagem Policial

CONVITE: Culto na Comunidade Terapêutica AME

  
   Convidamos aos irmãos dos Ministérios da IBE: Desperta Débora, Homens de Valor e Soldados da Esperança, a estarem conosco nesta terça-feira (30) às 19:00hs para um Culto de Louvor e Adoração ao Senhor. O pregador será o Pastor Alberto Quadros. Participe!

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Postura do papa Francisco é elogiada por líderes evangélicos: “Passou simplicidade, enquanto ‘apóstolos’ ostentam riquezas”

Postura do papa Francisco é elogiada por líderes evangélicos: “Passou simplicidade, enquanto ‘apóstolos’ ostentam riquezas”
A passagem do papa Francisco pelo Brasil e seus discursos contra a corrupção e a pobreza chamaram a atenção da mídia como um todo, que destacou a fala ponderada do pontífice católico a respeito de tais questões.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel O mestre em Direito e advogado Hélio Pariz publicou artigo no blog O Contorno da Sombra com uma breve análise a respeito da fala do papa, em comparação com algumas lideranças evangélicas.
No texto, Pariz ressalta a “notória capacidade de se comunicar com os mais diferentes estratos da sociedade”, dizendo que “o papa Francisco deu um show de comunicação, simpatia, empatia e simplicidade”.
O advogado menciona ainda que a comunicação de Francisco com o povo se deu não apenas através das palavras, mas também com gestos: “Fez a sua mensagem compassiva ser recebida mesmo através do silêncio de seu olhar contemplativo. Foi fiel, portanto, a pelo menos três preceitos neotestamentários (e paulinos) sobre como dialogar com um mundo não cristão”, afirmou, citando as passagens bíblicas de Filipenses 4:5; Colossenses 4:6 e Tito 2:7-8.
A crítica de Pariz a algumas lideranças evangélicas se deu justamente neste ponto: “Sem querer entrar nas diferenças doutrinárias aparentemente irreconciliáveis entre católicos e protestantes, foi inevitável comparar a postura papal com aquela de alguns expoentes evangélicos que usam e abusam cotidianamente de todas as formas de mídia. Os nomes desses nem precisam ser citados, pois a sua verborragia e seus interesses monetários invadem os lares brasileiros todos os dias pelas ondas do rádio e da TV”, opinou.
Admiração de evangélicos
O pastor Renato Vargens, líder da Igreja Cristã da Aliança, também analisou os discursos do papa e o impacto que a postura do líder católico teve entre os fiéis evangélicos.
Para Vargens, “a vinda do papa Francisco ao Brasil tem despertado não somente a atenção da população em geral, como também dos evangélicos que  não se cansam de elogiar o bispo de Roma”. O pastor citou ainda as redes sociais como amostra da admiração que boa parte do rebanho evangélico tem expressado ao pontífice.
Segundo o pastor, os motivos dessa admiração pelo papa são oriundos da frustração com as lideranças evangélicas: “Na minha opinião a valorização do papa se deve em parte a insatisfação que os evangélicos tem feito quanto ao comportamento de alguns dos seus líderes”.
Na lista de hipóteses elencada por Vargens, estão desde o repúdio à teologia da prosperidade até a identificação com sua simplicidade e mensagem focada em Cristo:
-O papa passa uma imagem de simplicidade, enquanto os ‘apóstolos’ tupiniquins ostentam riquezas; O papa demonstra gostar de gente e de se relacionar com o povo, já os ‘apóstolos’ tupiniquins preferem a ostentação de títulos eclesiásticos, além é claro da nítida e clara separação do restante do povo; O papa Francisco demonstrou simplicidade em voar num avião comercial, em carregar sua própria mala, em dormir num mosteiro numa cama de solteiro, em andar em carro comum, em se relacionar com o povo sem protocolos, pompa ou exigências. Já os ‘apóstolos’ tupiniquins andam de avião particular, exigem hotéis cinco estrelas, além é claro de exigirem uma série de obrigações a todos àqueles que os convidam para pregar o Evangelho de Cristo; [...] O papa tem falado de Cristo, os ‘apóstolos’ tupiniquins só falam em dinheiro – listou o pastor.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Igreja Lindinópolis comemora 55 anos de existência

Uma das mais antigas e tradicionais igrejas evangélicas de Ilhéus vai comemorar neste final de semana 55 anos de existência. Nos próximos dias 3 e 4, a Igreja Batista Lindinópolis, localizada na avenida Luis Viana Filho, no Alto da Conquista, estará realizando três cultos especiais. Além de corais, coreografias e participações musicais, as celebrações contarão com a participação do pastor Josias Novais, de Jequié. A programação elaborada pela Lindinópolis contempla a realização de cultos de louvor e adoração no sábado (3), a partir das 19 horas, e no domingo (4), em dois horários: 10 horas e 18h30min. A ministra de Educação Cristã, Benildes Vasconcelos, chama atenção para o fato de que, mesmo durante as comemorações deste final de semana, a Escola Bíblica Dominical (EBD) funcionará normalmente a partir das 9 horas. Presidida desde 1999 pelo Pastor Pedro de Jesus Chagas, a Igreja Batista Lindinópolis foi organizada no dia 5 de agosto de 1958. Atualmente, a igreja mantém três congregações: uma no Nelson Costa, outra na avenida Esperança e uma terceira no distrito de Couto. Somente na sua sede, localizada no Alto da Conquista, a Lindinópolis possui cerca de 1.200 membros, além de dezenas de congregados.

'Quem sou eu para julgar', diz Papa sobre gays

O papa Francisco condenou nesta segunda-feira o chamado "lobby gay" do Vaticano durante uma coletiva de imprensa improvisada realizada a bordo do avião que o conduzia do Brasil à Itália, na qual ressaltou que não pretende "julgar" os homossexuais. "Em um lobby nem todos são bons, mas se uma pessoa é gay, procura ao Senhor e tem boa vontade, quem sou eu para julgá-la. O Catecismo da Igreja Católica explica e diz que não se deve marginalizar essas pessoas e que elas devem ser integradas à sociedade", afirmou o pontífice. O Papa ainda se manifestou a favor de um maior papel das mulheres dentro da Igreja, mas rejeitou categoricamente sua ordenação como sacerdotisas. "Não se pode imaginar uma Igreja sem mulheres ativas", disse o Papa, depois de lembrar que a entidade já se pronunciou contra esta opção: "Esta porta está fechada", reconheceu. O papa desembarcou em Roma nesta segunda-feira de manhã após uma viagem de uma semana ao Brasil para presidir as celebrações da Jornada Mundial da Juventude. A missa de encerramento, no domingo de manhã, reuniu mais de 3 milhões de pessoas na praia de Copacabana, segundo a prefeitura.

Justin Bieber exibe sua nova tatuagem Illuminati Olho de Hórus



JUSTIN
LEMBRE-SE

As pedras clamarão (Leitura Bíblica: Lucas 19.37-40)

Não estamos agindo certo. Este é um dia de boas notícias, e não podemos ficar calados (2Rs 7.9).

A multidão estava eufórica. Transbordava de alegria pelos milagres que Jesus realizara. Não conseguia calar-se. Jesus estava entrando em Jerusalém. Era o momento certo de adorar em alta voz e contar tudo o que ele tinha feito. “Bendito é o Rei que vem em nome do Senhor!” “Paz no céu e glória nas alturas!” Mas havia alguns que não estavam contentes em ver a multidão feliz. Eram os fariseus. Eles queriam que os discípulos se calassem. Jesus, então, responde: “Se eles se calarem, as pedras clamarão.” Jesus deixa claro com isso que não havia mais como esconder que ele era o Messias. De nada adiantaria calar os discípulos, pois até as pedras poderiam gritar. O Filho de Deus estava entrando em Jerusalém. Era o Rei eterno que chegava. Os discípulos compreenderam essa mensagem e por isso o adoravam e se alegravam com a vinda do Messias prometido, a chegada da salvação. As boas novas estavam sendo reveladas na pessoa do Senhor Jesus. Ele veio para reinar na vida dos cristãos.

O cristão não pode ficar com a boca fechada. O Evangelho precisa ser anunciado. Quando Jesus redime uma pessoa que crê, ela passa a ter dentro de si uma maravilhosa mensagem a transmitir. O versículo em destaque refere-se a uma ocasião em que inimigos tinham sitiado Samaria, e o povo passava por grande fome. Casualmente, quatro leprosos que moravam fora da cidade descobriram que o exército inimigo tinha fugido. No primeiro momento, tiraram proveito próprio da situação, comendo e bebendo, mas logo perceberam seu erro, chegando à conclusão: “Não estamos agindo certo! (...) Não podemos ficar calados!” Que o nosso coração também possa se alegrar tanto com a salvação recebida que transborde e nos leve falar de Jesus – simplesmente porque não conseguimos ficar calados! – JG
 
Fala, e não te cales, do que Deus tem feito por ti.

Nem Papa, Nem Apóstolo

Aproveitando a vinda do Papa ao Brasil: A instituição do papado foi confrontada na Reforma Protestante pelo princípio da autoridade e suficiência das Escrituras. Através da Bíblia a Igreja libertou-se do controle da fé pelo sacerdócio e sacramentos. A liberdade na relação com Deus era a maior demanda.
 
Contraditoriamente, os herdeiros da Reforma têm abandonado esse referencial. O que o Papa representa para os católicos romanos, os "Apóstolos" o são para os neo-pentecostais. E isso tem influenciado até mesmo igrejas históricas. Líderes procuram o controle sobre a vida espiritual das pessoas, querem ser o seu "Pai".
 
Apresentam-se como portadores de uma "unção" especial capaz de curar ou enriquecer. Tornam-se ídolos. Lamentavelmente, a Igreja Católica Apostólica Romana não mudará, mas os evangélicos, incluindo os batistas, têm mudado, abandonando a democratização da presença e ação do Espírito Santo para uma crescente centralização e autoritarismo.
 
Convido você a uma atitude: afaste-se de líderes que se autodenominam detentores de um poder capaz de lhe oferecer "cobertura espiritual". Isso é engodo! Assim como Lutero, grande reformador, diga: cada homem é "padre" de si mesmo; o justo viverá da fé, Solus Christus.
 
Eis o que a Bíblia nos ensina: Jesus de Nazaré é o único ungido.
 
"O Espírito do Senhor é sobre mim, Pois que me ungiu" - Lucas 4:18
 
A vida espiritual do Cristão é Cristo. "Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer" - João 15:5
 
O seu espírito é um lugar sagrado onde Cristo habita pelo Espírito Santo. Nem Papa, nem Apóstolo, nem qualquer outro ídolo cabe nesse espaço.
 
Soli Deo Gloria.
 

Pr. Petronio Almeida Borges Júnior
Primeira Igreja Batista em Catu
Bacharel em Teologia pelo STBNe; Licenciando em Letras pela UFPB

Pesquisa Datafolha compara católicos com evangélicos


O Datafolha comparou os católicos que foram a Copacabana, na Jornada Mundial da Juventude, com os evangélicos que participaram da Marcha para Jesus, realizada em São Paulo em junho.
A única coincidência é a idade média dos participantes, de 31 anos. De resto, há um fosso entre os fiéis. Os evangélicos dizem ir mais a cultos do que os católicos. Enquanto 50% dos católicos afirmam que vão à igreja mais de uma vez por semana, esse índice atinge 75% entre os evangélicos. Os evangélicos também dizem doar mais à igreja do que os católicos: R$ 220 de média mensal ante R$ 86,08. Os católicos são mais escolarizados do que os evangélicos e por isso tendem a ter mais renda. Entre os peregrinos de Copacabana, 59% têm curso superior, quase o dobro do que os evangélicos (34%). A maioria dos evangélicos (56%) cursou o ensino médio. Os índices de escolaridade nos dois eventos são diferentes dos encontrados na população adulta brasileira. De acordo com o Datafolha, só 17% no país têm curso superior e 42%, ensino médio.

Fonte: Folha de São Paulo



Quebra de Contrato: Cassiane e banda são abandonados em hotel de Boston - EUA

A cantora Cassiane viveu no último Sábado 27, um dia de frustração.
Cassiane estava muito feliz por ir se apresentar em Boston nos EUA com toda sua banda.
Uma serie de problemas começaram a acontecer ainda na cidade de New Jerssey, sobre esse evento Cassiane postou em seu Instagram: 
Depois de muita luta... Entramos no Show só as 11:45pm E...Em Respeito ao público e para cumprir meu chamado Ministerial...No final...Graças a Deus...O povo foi abençoado! Deus é Fiel!  
Cassiane fez o show, mesmo havendo problemas no cumprimento do contrato por parte do contratante.

Mais tarde, Cassiane posta uma Nota informando que não iria se apresentar em Boston.
Segundo a Nota, Cassiane e toda sua equipe ficaram esperando o contratante ir busca-los no hotel, mas ninguém apareceu ou deu notícias, e depois de esperar por mais de oito horas, Cassiane entendeu que foi enganada.
Atenção Pessoal de Boston Aviso MUITO IMPORTANTE!! Por motivos Contratuais,O SHOW DE HJ ESTÁ CANCELADO! "Estamos até agora em NEW JERSEY aguardando o contratante q ñ apareceu!(FaltaDeRespeitoTOTAL) "Estou muito triste... Gostaria muito de estar aí c vcs!!! Mas... Prefiro dar Gloria... #TudoCooperaParaOBemDosQueAmamADeus!#EuSouServaDeDeus!
Fonte Original: http://www.ofuxicogospel.com/2013/07/quebra-de-contrato-cassiane-e-banda-sao.html#ixzz2aRgOt4jc

Evangélicos se unem a católicos na Jornada Mundial da Juventude

Evangélicos se unem a católicos na Jornada Mundial da Juventude
Em países onde o cristianismo é minoria, não é difícil ver evangélicos e católicos se unindo, dividindo espaços e até congregando juntos. A missão Portas Abertas, e outras similares que lutam contra a perseguição de cristãos no mundo, já ajudou em campanhas pela libertação de católicos presos em nome de sua fé.
Fundada durante a Guerra Fria, a Portas Abertas tinha como principal objetivo contrabandear Bíblias. Aos poucos foi crescendo e hoje atua em quase todo o mundo, sendo conhecida por suas campanhas pelos direitos humanos daqueles homens e mulheres que sofrem perseguições e são presos e mortos por ousarem crer em Cristo.
Além de divulgar as histórias dessas pessoas, pedem orações em favor delas e coletam assinaturas de cristãos de todo o mundo, usando-as para pressionar as autoridades. São muitas as histórias de sucesso com essa estratégia.
Durante a Jornada Mundial da Juventude, neste final de semana, seus representantes no Brasil se uniram aos católicos. Não para ver o papa, mas seu objetivo é coletar assinaturas dos peregrinos para sua atual campanha que visa defender os cristãos perseguidos na Síria.
Integrantes do Underground, um ministério da PA voltado para os de jovens, carregavam cartazes e anunciam em alto-falante que precisavam de apoio para o abaixo-assinado que exige uma atuação mais enérgica do governo sírio na proteção aos cristãos.
Alyne Romeiro, coordenadora do Underground, explica: “Essa galera reunida quase toda é evangélica. Temos batistas, assembleianos, presbiterianos, congregacionais, mas também temos católicos envolvidos conosco na Portas Abertas”.
Diz ainda que se surpreendeu positivamente com a JMJ e com o “intercâmbio” desses grupos que no Brasil dificilmente andam juntos. “Os católicos estão se interessando muito pelo assunto, preenchem, assinam o documento e falam: quero apoiar os meus irmãos, também”, ressalta. Com informações Último Segundo.

Manifestantes seminuas protestam contra religião na JMJ

Manifestantes seminus quebram santos católicos na JMJ
Enquanto o papa prossegue sua visita ao Brasil para a Jornada Mundial da Juventude, um grupo de cerca de 500 pessoas começaram no posto 5 da Praia de Copacabana um protesto denominado “Marcha das Vadias”. A partir das 14h30, passaram a deslocar-se pelas ruas do Rio de Janeiro com faixas e cartazes, além de palavras de ordem pintadas pelo corpo e seios à mostra.
Algumas das mensagens empunhadas por elas diziam: “Chupai-vos uns aos outros”, “Tirem seus rosários dos nossos ovários”, ”Meu útero é laico” e diversas frases antirreligiosas.
O tema deste ano é “Quebre o silêncio”, para incentivar mulheres a denunciar os crimes de violência doméstica. Elas dizem que sua luta inclui temas como o fim da violência sexual e de gênero, a descriminalização e legalização do aborto, a regulamentação da prostituição e contra o Estatuto do Nascituro, também conhecido como “bolsa-estupro”. Outro aspecto do protesto é a indignação contra o uso de dinheiro público na recepção do papa.
protesto-marcha-vadias
Logo no início da passeata jogaram ao chão dezenas de crucifixos e imagens de santos. Posteriormente, quebraram imagens de Nossa Senhora Aparecida e Nossa Senhora de Fátima. A atitude chocou os fiéis que estavam na Praia de Copacabana. Inevitavelmente acabaram encontrando ao longo do trajeto diferentes grupos de fieis católicos que estão na cidade para os eventos da Jornada. Vaias e agressões verbais foram trocadas, mas sem registro de violência.
Uma das organizadoras da Marcha é Rogéria Peixinho, ativista da Associação de Mulheres Brasileiras. Foi ao protesto vestida de freira. Para ela, a chegada do pontífice teve como “contraponto a livre manifestação de uma outra juventude”, na rua, “protestando contra a opressão e o controle da vida e da sexualidade das mulheres”.
“A presença do papa e os recursos públicos alocados para a visita de um líder espiritual colocam em xeque a laicidade do Estado. (…) Esse tema está dentro dos eixos da marcha, assim como o direito ao corpo, as denúncias sobre os casos de estupro que estão aumentando principalmente no Rio, e a formulação de políticas públicas de proteção às mulheres”, explicou ela ao UOL.
Questionada sobre a fantasia, respondeu: “A roupa de freira, como eu já me vesti outras vezes, é um símbolo de questionamento sobre a posição da igreja contra o aborto. Muitas mulheres engravidam dentro dos conventos e, muitas vezes, são obrigadas a abortar. A gente já vem colocando esse tema nas marchas há algum tempo”.
gravidez
Curiosamente, o grupo “Católicas pelo Direito de Decidir, também acompanha a marcha. Uma das líderes desse grupo, Valéria Marques, afirmou que ‘sente pena de uma mulher que oprime o próprio gênero’  e que sua organização defende que as mulheres possam “decidir o que fazer com o próprio corpo, incluindo a legalização do aborto”.
Mobilizadas pelo Facebook, mais de 6 mil confirmaram presença, o que indica que mais pessoas devem se juntar à Marcha até o final do dia. Existe a promessa de um “topless coletivo” e um “beijaço gay” para as 19 horas, mesmo horário que deve começar a Vigília, principal o evento da Jornada neste sábado, na praia de Copacabana. Com informações de Globo.com e UOL.

Você poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...