NOSSA MISSÃO: “Anunciar o Evangelho do Senhor Jesus à todos, transformando-os em soldados de Cristo, através de Sua Palavra.”

Versículo do Dia

Versículo do Dia Por Gospel+ - Biblia Online

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

O Cristo abstrato

"O Cristo abstrato até se assemelha com o Cristo da vida, pois tentar ser uma bela pintura de sua face, mas a verdade é que ainda continua sendo apenas um retrato, e no retrato não há vida, há saudades, mas não abraços, lembranças, mas não esperança, essas só encontramos no Cristo vivo."

Esta reflexão tem ocupado um grande espaço em minha construção teológica. Não tenho dúvidas quanto a nossa capacidade em teologizar no Brasil, entretanto, parece-me haver uma grande dificuldade do encontro entre o que teologizamos e a vida, não experimentamos a teologia que tanto advogamos, há um abismo entre teologia e vida. Não temos dificuldade para compreendermos a centralidade do Cristo, nossa teologia está muito afinada quanto a tudo isso, conseguimos sistematizar o Cristo em uma cristologia refinada, impecável, mas que nada é além de uma sistematização. Isso é muito bom, desde que não se submeta simplesmente a transmitir um objeto de análise, mas um Cristo vivo em nós também. O que mais me parece atualmente é que cada vez mais o Cristo tem se tornado um objeto abstrato, ou seja, existe um desenvolvimento intelectual em sua direção, mas o objeto da reflexão (o Cristo) está isolado de fatores que comumente são relacionados à realidade, concebemos a imagem mental do Cristo, mas não sabemos como viver nossa vida com Ele, como parte viva, então o reduzimos a rituais e formalidades.

A concepção da imagem do Cristo, não salva, não liberta e não transforma. O Cristo é para ser experimentado no cotidiano, entre o nascer e pôr do sol, entre uma respiração e outra, entre um oi e um tchau, entre o início e o fim da jornada de trabalho. É nessa perspectiva que o Cristo ganha forma em nós e crescemos em sua direção para que possamos nos tornar semelhantes a Ele. O Cristo abstrato até se assemelha com o Cristo da vida, pois tentar ser uma bela pintura de sua face, mas a verdade é que ainda continua sendo apenas um retrato, e no retrato não há vida, há saudades, mas não abraços, lembranças, mas não esperança, essas só encontramos no Cristo vivo. É Nele, que encontramos as respostas para os anseios de nossas almas. Mas o que fizemos Dele? O reduzimos a conceitos teológicos, reduzimos o seu poder salvífico a aceitarmos um apelo, o seu amor a meritocracia, à sua adoração em erguermos as nossas mãos, o seu culto a um momento, o reduzimos a uma teologia sistemática, nós o tornamos em um Cristo abstrato. Mas esse não é o Seu propósito e muito menos Seu lugar, a tinta vermelha das escrituras apontam para o centro da nossa vida, dos nossos corações, do nosso ser, esse é o Seu lugar, entronizado em nós, aonde talvez ainda não se tenha uma imagem perfeita Dele, mas há sua presença, amor e graça.

Que haja teologia, mas que haja vida no Cristo da teologia!


Sao Carlos - SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIOS

Você poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...